segunda-feira, janeiro 05, 2009

São Romão 4 - Azarujense 3

O Azarujense deslocava-se ao campo do São Romão, num dia que ameaçava chuva, mas que se revelou bem razoável tendo em conta alguns jogos desta época.
O jogo começou com grande sufoco da equipa do Azarujense, que quase não conseguia sair de perto da sua baliza, tendo o São Romão carregado bastante nesta fase inicial do jogo, chegando mesmo ao golo numa jogada em que o jogador do São Romão parte de uma posição duvidosa, mas estando colocado junto ao árbitro assistente, também para este seria difícil descortinar a regularidade da jogada.
Quase de seguida surgiu mais um lance polémico, em que o árbitro assinala grande penalidade, numa saída do guarda-redes do Azarujense aos pés do avançado adversário, apesar da dificuldade de análise do lance, pareceu que Passarinho tocou primeiro o esférico antes de impactar no adversário. Na sequência da marcação do respectivo castigo, o São Romão fez 2-0.
Fazendo jus ao ditado “não há duas sem três”, novo ataque rápido dos da casa tendo Passarinho tentado interpor o seu corpo em frente do remate do avançado do São Romão, embora a bola tenha embatido no braço do azarujense fora da área, livre e expulsão para o guarda-redes do Azarujense, que assim, ainda antes da meia hora de jogo se via reduzido a 10 elementos e com uma desvantagem de dois golos no marcador. Para cumulo ainda surgiu a lesão de Hugo Figueiredo, o que obrigou a que ainda na primeira parte já Pedro Freixial tivesse gasto duas substituições.
Na segunda parte e apesar da desvantagem quer numérica quer no marcador, o Azarujense entrou com maior ambição e equilibrando o jogo. Como resultado conseguiu reduzir para 2-1 através de Carapinha, que recebeu um passe de Paulo Ricardo e com um bom movimento ganhou espaço para rematar e bater o guarda-redes adversário. Mas esta reacção foi contraposta com um grande golo da equipa do São Romão, que alargava para 3-1 a sua vantagem. Manteve-se uma toada equilibrada, tendo o Azarujense arriscado tudo ficando apenas com 3 defesas, mas num lance algo fortuito chegou o 4-1 o que parecia resolver por completo a partida.
Mas mais uma vez o Azarujense reagiu e conseguiu ganhar uma grande penalidade por Rolo, que o mesmo converteu no 4-2.
Já em período de descontos uma boa jogada de Miguel calhau proporcionou a Rui Fonte-Boa o 4-3.
Acaba por ser uma vitória justa da equipa do São Romão, com um bom trabalho da equipa de arbitragem.
Apesar dos vários contratempos surgidos ao longo do jogo, nomeadamente ter jogado grande parte do jogo em inferioridade numérica, o Azarujense pelo que fez na segunda metade mostra que poderá em breve inverter os últimos resultados.
Azarujense: Passarinho, Luís Ourives, Nuno Ricardo (cap), Bruno Oliveira, Vasco Peças, Nuno Fortunato, Luís Salsinha, Hugo Figueiredo, Paulo Ricardo, Paulo Rolo e Carapinha.
Jogaram ainda: Luís Pé-Leve, Miguel calhau e Rui Fonte-Boa
No banco: Rui Martins, José Varela e Zé Lacão

2 comentários:

Anónimo disse...

Façam contas no http://www.zerozero.pt/ e apoiem a sua equipa no Distrital de Évora...

Comente e apoie a sua equipa, fazendo a sua conta no zerozero...

Força !!

Bora lá, convivio e amizade nos comentários...

Façam contas e comentem...

DESPORTO ALENTEJO disse...

TODOS OS RESULTADOS DO DISTRITAL EM:

http://montemor-evora-arraiolos.blogspot.com/