segunda-feira, janeiro 21, 2008

Azarujense, 2 - Corval, 1

Era um jogo importante para o Azarujense, uma vez que na jornada seguinte irá "folgar" e portanto não pontuará.
O jogo começou com algum dominio da equipa do Corval, não acertando o Azarujense com algumas marcações.
Cerca dos 20 minutos do jogo já o Azarujense tinha equilibrado, conseguindo chegar ao golo por Vitor Mantas na cobrança de um livre descaido para o lado esquerdo do seu ataque.
Até ao final da primeira parte o jogo foi repartido, tendo o Azarujense controlado, não sem alguns calafrios. No entanto, já nos descontos, o árbitro assinalou uma grande penalidade, que pareceu inexistente, uma vez que o jogador do Azarujense estava na marcação a um adversário e não viu a bola que lhe embateu no braço. Na sequência do penalty o Corval empatou o jogo, não havendo tempo sequer para a reposição da bola em jogo.
Na segunda parte o Azarujense entrou muito concentrado e dominou o jogo, chegando ao golo por Carlos André na recarga a um remate de Carlos Pereira.
Apesar dos esforços da equipa do Corval para restabelecer o empate, o Azarujense conseguiu defender a vantagem conquistada.
O Azarujense somou assim mais três pontos, ficando com os mesmos pontos que o terceiro classificado.

Azarujense: Nuno Carvalho, Nuno Ricardo, Carlos Pereira, Bruno, Hugo Serradeiro, Carlos André, João Fonte-Boa Rolo, Pedro Freixial, Vitor Mantas e Carapinha.

Jogaram ainda: Ricardo Fogueira, Paulo Ricardo e Bandeira

No banco: Passarinho, Luis Pauzinho, Luis Ourives e Salsinha

11 comentários:

Noz disse...

Epá! Vocês andam mesmo a dar-lhe! Parabéns!

Ikari disse...

Os meus parabéns a todo a equipa. Mais do que ninguém merecemos este grande momento. Não foi um grande jogo mas a forte coesão do grupo que se percebe mesmo do lado de fora permite ganhar mesmo quando falta as coisas não correm pelo melhor. E já agora porque não apostar na Taça? Poderá ser uma ocasião unica...

Milharinha disse...

A Taça...
Penso que vai ser uma oportunidade para jogadores com menos minutos poderem mostrar o que valem. O que significa que a vontade de ganhar vai, pelo menos, manter-se.

PS: as vitórias são de todo o grupo e daqueles que ficam contentes com elas.

Azarujense disse...

Parabéns a todos os que contribuiram para mais esta vitória. No entanto não posso deixar de dizer que estive sempre com o coração nas mãos, pois contrariamente ao que seria de esperar, não jogaram bem. Mas dias não são dias e o que é importante é ganhar. O FCP não jogava futebol bonito mas jogava prático e eficaz e foi campeão europeu.
Quanto á taça, venha ela. Mostrem que somos melhores.
Abraço a todos.

Milharinha disse...

Também concordo que nos últimos jogos o jogo não tem sido o mais bonito, talvez porque se sinta, pela primeira vez em muitos de nós, uma grande pressão para ganhar.
No entanto temos conseguido ser mais eficazes que os adversários, e daí as vitórias.
É obviamente nossa intenção melhorar o nosso jogo, sem com isso pôr em causa as vitórias.
Obrigado, em nome da equipa, pelo apoio.

Anónimo disse...

como ficou o jogo da taça?

Anónimo disse...

como ficou o jogo da taça?

Anónimo disse...

como ficou o jogo da taça?

Anónimo disse...

como ficou o jogo da taça?

Anónimo disse...

O Azarujense perdeu 2-0.

Anónimo disse...

nao me lixem... coesao e espirito de equipa no azarujense??? recordo um episodio lg no inicio da segunda parte... mantas:"épa és burro" resposta de Um jogador:"chamas-m burro outra vez parto-t os dentes" isto a proposito de um lançamento de linha lateral cedido por um jogador da nossa equipa. iato é que é espirito de equipa.